Como será o futuro?

25 02 2013
Moradora de Rua

Moradora de Rua

Eu vivo porque tenho esperança que amanhã será melhor do que hoje.

Eu vivo porque espero em Deus e sei que Ele virá ao meu encontro, isso é fé.

Mas por outro lado, não sou alienado para perceber que os mais desfavorecidos vivem à margem de uma sociedade egocêntrica, onde uma minoria goza de tantos confortos e privilégios.

E fico pensando: como será o futuro de tantos seres humanos que dependem da boa vontade do outro?

Como terminará a minha vida e a vida desses que sofrem no abandono, que sofrem por causa da negligência de quem poderia nos ajudar?

Neste momento muitos idosos, crianças, pessoas adultas estão ao relento, sem planos, sem determinação, sem projeto de vida.E na maioria das vezes a culpa não é dos mesmo, e sim de um sistema que monopoliza e prende em poucas mãos o direito de serem cidadãos com dignidade…

Eu termino rezando com o salmista:

“Comprazei-vos, Senhor, em me livrar. Depressa, Senhor, vinde em meu auxílio.”(Sl 39,14)

Paz e Bem!

Tarcísio Silva

Anúncios




Coração Puro

17 02 2013
O que tem as mãos limpas e o coração puro, cujo espírito não busca as vaidades nem perjura para enganar seu próximo.(Sl 23,4)
Quase como um mandamento, este salmo nos leva a refletir sobre a nossa condição de filho de Deus.Uma norma que devemos obedecer e procurar viver no cotidiano.
Abandonemos nossos erros, as nossas faltas, e faremos uma limpeza dentro de nós mesmos retirando toda a sujeira que nos impede de entrar para o santuário vivo de Deus que é o coração de Cristo através de sua igreja.
Ter as minhas mãos limpas, o coração puro, a mente sadia, é viver em Deus.
Para se conseguir isso é preciso uma vida de oração, de renúncia e se alimentar da Palavra de Deus e dos sacramentos.
Quando aceitamos a vontade de Deus e procuramos obedecê-lo estamos ao mesmo tempo nos purificando das imundíceis do pecado que está instalado em nós.
Cada vez que saímos de nós mesmos, do nosso mundo fechado, egoista, individualista e buscamos no deserto espiritual a presença de Deus, nós estamos recebendo de Deus a resposta que o salmista faz no versículo acima.
Pois o que Deus quer de nós é uma vida construída na paz, na justiça, na dignidade, na simplicidade e humildade…
Portanto, nada de oprimir o outro, nada de ferir, magoar,enganar, humilhar…
Muitas vezes o nosso coração está repleto de rancor, ódio, divisão, soberba, inveja, raiva, ressentimento, mágoa, sentimento de vinganaça, mas a nossa mente não consegue analisar tudo isso e percebermos que é pecado, que é contra a vontade de Deus.E mesmo assim frequentamos os sacramentos, assistimos as  missas, os grupos de oração, pastorais, rezamos o terço e agimos como se estivéssemos em estado de santidade.Nos julgamos acima de tudo e de todos.Nos enchemos de orgulho!
Devemos buscar a missa, frequentar os grupos de oração, participar dos sacramentos e tudo mais, mas bem antes devemos fazer uma viagem pelo deserto interior de nossa alma e através de muita oração e da lectio divina e fazermos uma revisão de tudo isso e humildimente pedirmos perdão a Deus pelas faltas cometidas.Sem humildade, tudo o que fazemos usando o nome de Deus é hipocrisia e não conseguimos converter ninguém e a nosso trablho termina inútil.
Que Deus nos lave de nossas faltas, purifique os nossos pecados e não permita que sujemos nossas mãos com más ações!
Fiquem com Deus!

Tarcísio Silva








%d blogueiros gostam disto: