Ditos do Deserto – Coletânea – Parte II

20 09 2013

923483_254966454641471_1118815653_n

Pai Poemen disse de Pai John, o Anão, que ele tinha rezado a Deus para que retirasse para longe dele as paixões, de modo que ele ficasse livre de preocupações. Então ele foi contar ao ancião isto; “encontro-me em paz, sem nenhum inimigo”. O ancião lhe disse, “vá, implore a Deus que lhe envie as lutas de modo que você recupere a aflição e humildade que você possuía, pois é pela luta que as almas progridem.” Então, ele implorou a Deus e quando as batalhas vieram ele não mais rezou que elas fossem afastadas, mas disse, “Senhor, dai-me força para a luta.”

Pai John disse, “pusemos a carga leve de um lado, que é a auto-acusação, e nos carregamos com um grande peso que é a auto-justificação.”

Ele também disse, “humildade e temor de Deus estão acima de todas as virtudes.”

Pai John deu este conselho, “vigiar significa sentar-se na cela e estar sempre presente a Deus. Isto é o que significa o dizer, “eu vigiava e Deus veio até mim.”

Um dos Padres disse dele, “quem é esse John, que pela sua humildade tem toda cidade de Scete pendurada no seu dedo mínimo?”

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: