Pequenas Frases ou Ensinamentos de Santa Teresinha.

23 07 2013
Sta.Teresa de Jesus

Sta.Teresa de Jesus

Tudo é graça.

Amo tanto a Deus que desejo poder dar-lhe prazer
sem que Ele saiba que sou eu.

Não espero na terra qualquer retribuição: faço tudo por Deus.

Quando estiver no Céu, chamar-vos-ei depressa…

Não é a morte que virá buscar-me, é Deus.

Do Evangelho fiz o meu tesouro mais precioso.

A vontade de Deus é que eu lute até à morte.

Deus absorver-me-á como uma gotinha de orvalho.

Lutemos sempre, mesmo sem esperança de ganhar a batalha.

Oh! Bem-aventurado silêncio que tanta paz traz à alma!

Ser carmelita; ser pela minha união convosco mãe das almas: 

essa é a minha vocação.

Eu sempre quis ser santa.

Deus apenas te pede que te deixes amar.

Deus não tem necessidade das nossas obras, mas do nosso amor.

Viver de amor é dissipar o medo e a recordação das faltas passadas.

A oração é um impulso do coração.

Oh! Que grande é o poder da oração!

Dir-se-ia que na oração és como uma rainha que tem livre acesso ao Rei
e que dele podes alcançar tudo o que pedires!

Deus é tão rico que me dá abundantemente o que lhe peço.

A minha vocação é o amor!

Como é doce chamar a Deus nosso Pai!

A vida é um tesouro!

Eu escolhi ensinar a amar o Amor.

quero ensinar a amar o Amor; quero infundir esperança.

Eu não posso ter medo de um Deus, que por mim se fez pequenino.

Vim para salvar almas. E rezar pelos sacerdotes.

Nunca me apoio nos meus próprios pensamentos.

Deus quer que me abandone como uma criança.

A caridade não deve ficar fechada no fundo do coração.

Viver de amor é dar sem medida, sem reclamar salário aqui na terra.

Deus não pode inspirar desejos irrealizáveis.

Quero encontrar maneira de ir par ao Céu
por um caminhinho muito direito, muito curto.

Eu faço como as crianças que não sabem ler:
digo a Deus o que Lhe quero dizer, sem compor belas frases.

Muitas vezes, sem o sabermos,
as graças que recebemos são devidas a uma alma escondida.

No coração da Igreja, minha mãe, eu serei o amor!

Uma alma abrasada em amor não pode permanecer inativa.

Um coração que ama trabalha com amor.

Compreendi que o Amor encerra todas as vocações.

O Amor é tudo.

O Amor é eterno.

A caridade perfeita consiste em suportar os defeitos dos outros.

Deus nunca me abandonou.

Deus não me abandonará.

Estou unida Àquele a quem amei com todas as forças.

Meu Deus, amo-vos!

Não me arrependo de me haver entregue ao Amor.

Haverá alma mais pequena e mais impotente que a minha?

O mérito não consiste em dar muito, mas em amar muito.

Como é fácil agradar a Jesus, basta amá-L’o!

Não é par ao primeiro lugar, mas para o último que eu corro.

Sou filha de Maria.

A Virgem Santíssima é mais Mãe que Rainha.

A Santíssima Virgem teve menos que nós,
porque não teve uma Santíssima Virgem para amar!

Ó Mãe bem-amada, apesar da minha pequenez,
como tu possuo em mim o Omnipotente.

A Santíssima Virgem nunca estará escondida para mim,
porque a amo muito.

Ó Divina Eucaristia! Ó Mistério Sagrado! Que o Amor produziu…

Já não receio os pavores da noite.

Na noite desta vida aparecerei diante de Vós com as mãos vazias.

Não recusemos nada a Jesus. Um dia Ele nos dirá: «Agora é a minha vez»!

É tão doce ajudar Jesus, pelos nossos sacrifícios, salvar almas.

O meu caminho é todo confiança e amor.

Não compreendo as almas que têm medo de um Amigo tão terno.

Não tenho outro modo de Vos provar o meu amor
senão ode Vos atirar flores.

Desejaria ter sido missionária desde a criação do mundo
até ao fim dos séculos.

Amar é tudo dar e dar-se a si mesmo.

Nada fica nas minhas mãos. Tudo o que tenho, 

tudo o que ganho é para a Igreja e para as almas.

Nunca direi a Deus senão amor, por isso Ele devolve-me Amor.

Nós, que corremos pelo caminho do Amor,
não devemos pensar no que nos pode acontecer de doloroso no futuro.

Não me considero uma grande santa! Considero-me uma santa pequenina.

Penso que deus quis pôr em mim coisas que fazem bem a mim e aos outros.

Se os Anjos varressem o Céu, a poeira seria feita de diamantes.

Deus terá de satisfazer todos os meus desejos no Céu.

A minha missão vai começar, a missão de fazer amar a Deus
como eu O amo, de dar às almas o meu pequeno caminho.

Quero passar o meu Céu a fazer bem á terra.

Não posso descansar enquanto houver almas para salvar.

Deus não me daria este desejo de fazer o bem sobre a terra
depois da minha morte, se não quisesse realizá-lo.

Só no Céu veremos a verdade de todas as coisas.

Sou uma alma pequenina que Deus cumulou de graças.

Como gostaria de ter sido sacerdote para pregar sobre a Santíssima Virgem.

Os pregadores apresentam-na inacessível; deviam mostrá-la imitável.

Que seria de mim se Deus não me desse força?

O que mais me agrada é o que Deus quer e escolhe para mim.

Não me arrepende de me ter entregue ao Amor.

Não é «a morte» que virá buscar-me, é Deus.

A Santíssima Virgem cuida bem dos meus recados; 

hei-de confiar-lhe outros numa próxima vez.

Se soubesse como Deus é bom para comigo!
Mas se Ele fosse um bocadinho menos bom,
continuava a achá-l’O ainda bom…

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: