SELEÇÃO DEJEAN GOUILLARD

30 05 2013

Imagem

O abade Bessarion, moribundo, disse: “O monge deve, como os kerubims e os serafins, ser apenas olho”‘.

O abade Dulaz disse: “Quando o inimigo (echthros) nos pressiona a deixar a solidão (hésychia), não lhe escutemos. Nada vale a aliança da solidão e da fome, para lutar contra ele. Ela busca uma visão penetrante aos olhos interiores”.

(Ouvido por Epifânio): “O verdadeiro monge deve ter sem cessar no coração (kardia) a oração (euche) e a salmodia”.

Evágrio disse ainda: “Corte as numerosas relações, se não queres que teu espírito (nous) divague e perturbe tua solidão (hésychia)”.

Elias disse: “Os homens têm a mente ou nas próprias faltas (hamartia), ou bem em Jesus, ou bem nos homens”.

Teonaz disse: “É porque nossa mente negligencia a consideração de Deus, que caímos no cativeiro das paixões (pathos) da carne (sarx)”.

João Colobos disse: “A prisão (jogo de palavras: o grego tem uma única palavra para “guarda” e “prisão”) é manter-se sentado em sua cela e evocar (talvez também lembrar) Deus, sem cessar. É o: “Eu estava preso e Vós me visitastes”.

Cranios disse: “Que a alma (psyche) pratique a sobriedade (nepsis), retire-se da distração e renuncie a suas vontades (thelema); então, o Espírito de Deus se aproximará dela”.

Poimém disse: “O princípio de todos os males (kakon) é a distração”.

Poimém, disse ainda: “Precisamos de uma só e única coisa: uma alma sóbria (nepsis)”.


Seleção James Cutsinger

6a. Quando o abade Sisoes estava na sua cela, fechava sempre a porta. (Sisoès, 24).

6b. Os padres cercavam o abade Sisoes no dia de sua morte. Sua face começou a resplandecer como o sol e ele disse: “Eis oa abade Antão que vem”. Em seguida: “Eis o coro dos Profetas”. Em seguida, sua face resplandeceu ainda mais e ele disse “Eis vir os coro dos Apóstolos”. Sua face brilhou em dobro; ele parecia se entreter com alguém. Os anciãos o suplicaram: “padre, com quem falas?” – “São os anjos que vêm me buscar, e eu lhes peço que me deixem fazer ainda um pouco mais de penitência”. Os anciãos lhe dizem: “Pai, não necessitas fazer penitência”. – Na verdade, respondeu ele, tenhoconsciência de ter feito só um princípio de penitência”. Todos então compreenderam que era perfeito. então sua face se subitamente como o sol, e todos tiveram medo. Ele clamou: “É o Senhor que vem, e disse: apostai-me este vaso de eleição do deserto”. Com estas palavras, Sisoes rendeu oespírito. Se tornou brilhante como o relâmpago e todo o lugar se encheu de um odor agradável. (Sisoès, 14).

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: