Pensamentos de Santo Agostinho – III

15 02 2013

images

“Dentro de cada homem há uma guerra civil”
“Não saias de ti. Volta-te para ti mesmo. A verdade reside no
homem
interior”
“Preocupa-te se a árvore de tua vida tem galhos apodrecidos? Não
percas
tempo; cuida bem da raiz e não terás de andar pelos galhos”
“A ignorância mais refinada é a ignorância da própria ignorância”
“O homem se torna pior e empobrece quando, lançando-se à
conquista do
externo, vive expulsando suas intimidades”
“Na maioria das vezes o homem desconhece a si mesmo. Vítima do
descuido ou
da improvisação, ou presume de suas carências ou desespera de
suas
possibilidades. Só quando a tentação o prova com um
questionamento de
urgência, o homem consegue conhecer a verdade sobre si mesmo”
“Geralmente suspeitamos nos demais o que sentimos em nós
mesmos”
“Cuidas muito para não sair à rua com roupas rasgadas. Porém,
parece, não te preocupas muito em andar correndo por aí com a
alma em andrajos”
“Aceita tua imperfeição. É o primeiro passo para alcançares tua
perfeição”

“Existe algo mais teu que tu mesmo? E, todavia, há algo menos teu
que não pertenceres a ti mesmo?”
“Quem está mais enfermo: o que se sente mal com sua enfermidade
e chama o médico, ou aquele que prefere ignorar sua enfermidade e
não o chama?”
“Se o abismo significa profundeza, não lhes parece que o coração
humano é um abismo? Os homens podem comunicar-se e entenderse
por meio de sinais, mas quem é capaz de penetrar o coração
humano? Quem é capaz de esquadrinhar seus registros, suas
maquinações, suas preferências e seus ódios?”
“Na mente humana há tantas pregas e rodeios que mesmo o homem
mau, cuja má-fé não admite dúvidas, se julga digno de elogios por
sua bondade”
“Os homens saem para fazer turismo, para admirar o pico das
montanhas, o marulho das ondas dos mares, o fácil e copioso curso
dos rios, as revoluções e giros dos astros. Entretanto não olham
para si mesmos”
“Andar por dentro é desejar as coisas de dentro. Andar por fora é
desprezar as coisas de dentro e encher-se das de fora. O orgulhoso
lança fora o que tem dentro; o humilde o busca com afã. A soberba
exila o homem de si mesmo; a humildade o devolve à sua
intimidade”
“O reconhecimento da própria ignorância é a primeira prova de
inteligência”
“Quanta riqueza guarda o homem em seu interior. Porém, de que lhe
serve se não se busca e investiga?”

“A verdade da beleza de uma árvore em flor se esconde na fealdade
de suas raízes”
“Dentro do coração sou o que sou”
“Ainda que fujas do campo para a cidade, ou da rua para tua casa,
tua
consciência vai sempre contigo. De tua casa só podes fugir para teu
coração.
Porém, para onde fugirás de ti mesmo?”
“Quanto mais curioso torna-se o homem por conhecer a vida alheia,
tanto mais relaxado se torna para consertar a sua própria”
“O desejo é como a sede da alma. Tem sede, mas de água limpa e
pura, não de água suja e lodosa”
“Por que gostas tanto de falar e tão pouco de ouvir? Andas sempre
fora de ti e te recusas a regressar a ti. O que ensina de verdade está
dentro; mas,
quando tu tratas de ensinar, sais de ti mesmo e andas por fora.
Escuta
primeiro ao que fala dentro e desde dentro, fala depois aos que
estão fora”
“Toda corrupção leva o homem à própria destruição. Pecar é
desmoronar o
próprio ser e caminhar para o nada”
“O pecador, ao abandonar sua confiança em Deus e colocá-la nas
coisas do mundo, converte-se em zona de insegurança e de vazio”
“Todos os pecados são idênticos num aspecto: oposição ao

permanente e divino e adesão ao incerto e mutável”
“A lei, ao proibir o pecado, de alguma forma o reforça. A proibição
aumenta
o desejo de pecar, quando o amor não é suficiente forte para
superar a
atração do desejo pecaminoso”
“Quando a alma abandona o corpo, acontece a morte física. Quando
a alma abandona a Deus, dá-se a morte espiritual”
“O pecado, em seu sentido mais profundo, não é mais que a vontade
pervertida”
“Não pode existir o mal onde não existe o bem. Por isso um homem
mau é um bem corrompido”
“Aquele cujo olfato da alma é depurado percebe o mau odor de seus
pecados”
“O mal consiste em abusar do bem”
“A Palavra de Deus converte-se em teu inimigo quando tu és amigo
da
perversidade”
“O castigo do pecado é a divisão do homem contra si mesmo. Por
quê? Por não
querer obedecer ao Indivisível”
“Aquele que abandona quem o criou e se apega ao nada de que foi
criado se obscurece e se aniquila”

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: